Envolvimento com o tráfico é principal linha de investigação sobre mortes de casal na Av.ACM

O envolvimento com o tráfico de drogas é a principal linha de investigação sobre a morte de duas pessoas atingidas por disparos de fogo, dentro de um carro, na noite de quinta-feira (2), na Avenida ACM, em Salvador.

Conforme a fonte do Informe Baiano, a mulher de 21 anos identificada como Maria Clara Souza Assunção trabalhava como vendedora em uma loja da Honda Motos e o homem, que tinha uma extensa ficha criminosa por roubo de veículos, chamava-se Gesse Altair Soares de Jesus. Ele tinha 24 anos.

As investigações foram iniciadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que já identificou que uma das uma das vítimas era apontada como líder do tráfico de drogas na localidade do Alto do Saldanha, em Salvador.

O homem que estava no veículo acumulava várias passagens pela polícia e, uma das capturas, ocorreu em 2017, no bairro de Brotas, quando foi flagrado pela Rondesp Atlântico, com entorpecentes.

Informações iniciais dão conta que dois homens em uma moto se aproximaram do veículo, modelo Ford Fiesta e cometeram o delito, nas proximidades de um supermercado na região do Iguatemi. Após os disparos, o carro, ainda em velocidade, atingiu outro veículo.

“As equipes de área e do Núcleo de Inteligência estão auxiliando nas investigações. Além das diligências de campo, iremos trabalhar com dados de inteligência para que possamos delinear a motivação e a individualização do crime”, declarou a diretora do DHPP, delegada Andrea.

Imagens de câmeras de segurança da região também estão sendo utilizadas na investigação. Informe baiano

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: