Elon Musk diz que pretende reverter suspensão de Trump no Twitter

Futuro dono do Twitter, Elon Musk afirmou que quando concluir o negócio para compra da rede social para reverter o banimento do ex-presidente Donald Trump, dos EUA, permitindo que ele volte à plataforma. O Twitter baniu Trump depois de uma série de infrações, culminando que mensagens postadas sobre a invasão ao Capitólio no ano passado.

"Eu acho que não foi correto banir Donald Trump, acho que foi um erro, porque alienou uma grande parte do país, e no fim não resultou em Donald Trump não ter uma voz", disse Musk, nesta terça-feira (10), durante uma conferência do Financial Times.

Além do Twitter, outras plataformas, como o Facebook, barraram o ex-presidente na sequência dos ataques ao Capitólio, em 6 de janeiro. Na época, o Twitter disse que Trump havia violado os termos de uso, incitando violência.

Para Musk, essa decisão foi "moralmente errada e simplesmente estúpida". Mensagens que violem as regras podem ser suspensas, assim como indivíduos que digam algo que é ilegal "ou destrutivo para o mundo", defendeu. Já banimentos permanentes, na opinião dele, acabam por minar a confiança no Twitter.

O processo de compra do Twitter por Musk ainda está em andamento. Ele fez uma oferta de 44 bilhões de dólares, que foi aceitada. Segundo o New York Times, o processo deve demorar de três a seis meses para ser concluído.

Fonte: Correio 24hs

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: