Diretor de fiscalização da Sedur aposta em medidas educativas ao invés de multas a comerciantes que descumprirem regras

Os shoppings centers e centro comerciais de Salvador reabrem, de forma escalonada, nesta terça-feira, 6, como uma das medidas adotadas pela prefeitura para a retomada das atividades econômicas na capital baiana. O funcionamento será de terça-feira a sábado, das 10h às 19h, nos dias de semana, e em horário livre no sábado, seguindo todos os protocolos de segurança.

De acordo com o diretor de fiscalização de Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Átila Brandão, a retomada das atividades representa uma condição favorável na pandemia da Covid-19. “Se a gente vê que o comércio está retomando é porque conseguimos enxergar um futuro agora acontecendo de controle da pandemia”, declarou em entrevista ao programa Isso é Bahia, na rádio A TARDE FM, na manhã desta terça.

Em relação ao primeiro dia de reabertura das atividades, nesta segunda, 5, o diretor de fiscalização da Sedur avaliou como positiva, com alguns casos de desrespeito às determinações de funcionamento.

“Os casos pontuais que a gente viu ontem foram por desconhecimento. Algumas pessoas acharam que o comércio de rua já poderia abrir. Entendo que, neste novo momento, as regras ainda estão sendo assimiladas por todos”, avaliou.

Aplicação de multa

O comerciante que desrespeitar as regras de funcionamento está sujeito à aplicação de multas e, em caso de reincidência, ao fechamento do ponto comercial. Diferente do que disse ontem a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda de Salvador (Semdec), Mila Paes, Átila explicou que a aplicação da multa é possível, mas que prefere adotar outras medidas.

“Cabe a multa. A legislação prevê isso. A gente evita porque entende a situação que todo mundo tem passado. Então, a gente notifica e, se for um caso mais sério, interdita. O que a gente quer é que todo mundo entenda o regramento, principalmente agora neste momento de novos protocolos setoriais”, afirmou. A Tarde

Deixe uma resposta