Degelo Um dos maiores rios do Canadá varrido do mapa em quatro dias

Em apenas quatro dias, o derretimento acelerado de um dos maiores glaciares do Canadá, na região Yukon, provocou o desaparecimento do rio Slims, revelou a revista “Nature”. A culpa é do aquecimento global.

Os cientistas confirmaram que o Slims foi vítima de “river piracy”, fenómeno em que o fluxo de um rio diverge repentinamente para outro curso de água.

Segundo o jornal “The Guardian”, durante vários anos este rio transportou a água resultante do degelo do glaciar Kaskawulsh, um dos maiores do Canadá, em direção ao mar de Bering.

O Slims chegou a medir, no ponto mais largo, cerca de 150 metros.

Contudo, na primavera de 2016, uma quantidade bastante significativa de água vinda do glaciar acabou por correr para o leito do rio Alsek, que fica a centenas de quilômetros de distância e segue em direção ao Golfo do Alasca.

00

A análise agora apresentada pelos especialistas afirma que a probabilidade de este acontecimento ter ocorrido devido às alterações climáticas naturais é de 0,5%.

“Logo, há 99.5% de probabilidades de ter ocorrido devido ao aquecimento causado pela era industrial”, concluiu James Best, geólogo da Universidade de Illinois.

Fonte: Jornal de Notícias