Cris Correia quer busto de Cira do Acarajé em Itapuã

Em memória de uma das maiores quituteiras de Salvador, Jaciara de Jesus, mais conhecida como Cira do Acarajé, a vereadora Cris Correia (PSDB) apresentou o Projeto de Indicação nº115/2021, solicitando ao prefeito Bruno Reis a instalação de um busto da baiana no bairro de Itapuã. 

A indicação da parlamentar parte de uma necessidade de ressaltar a importância que Cira tem para os moradores do bairro e, sobretudo, para a cultura baiana. 
“Cira é um ícone de Salvador, uma grande referência. Cira nos deixou fisicamente, mas vive na memória dos baianos e dos moradores do bairro de Itapuã, a sua casa. Deve ser homenageada e lembrada sempre, não só pelo seu tempero mas, sobretudo, pela sua história, pela garra. Foi uma mulher guerreira, mãe e empreendedora. De fato, um símbolo”, ressalta Cris. 

História e legado

Durante 53 anos, Cira esteve à frente do seu tabuleiro em Itapuã, mas, durante essa história de trabalho e superação, o instinto empreendedor fez com que o seu nome virasse uma marca e expandisse para outros bairros da capital baiana, chegando a gerar 35 empregos diretos nos seus pontos de trabalho.

Quem via Cira sempre alegre e imponente, não imaginava o tamanho esforço e dificuldades que teve que passar ao longo da sua vida. A cozinheira perdeu sua mãe aos 17 anos e desde então assumiu a responsabilidade de cuidar de quatro irmãos mais novos. 

Foi na dor que a vida da vencedora por 16 vezes do melhor Acarajé de Salvador mudou completamente. Através do trabalho pesado, dos sacos de feijão carregados na cabeça, da força dos braços valentes e do amor no preparo de cada acarajé e demais quitutes que Jaciara construiu um símbolo de identidade da gastronomia baiana, da culinária africana e afro-brasileira.

Cira do Acarajé faleceu no dia 4 de dezembro de 2020, aos 69 anos, com problemas renais. Sua morte foi sentida por toda cidade de Salvador e da Bahia, sendo homenageada por várias personalidades tanto no âmbito cultural quanto político.

Fonte da notícia: Assessoria da vereadora

Deixe uma resposta