CPI da Pandemia desiste de ouvir Marcelo Queiroga

Senadores anunciaram nesta terça-feira, 12, a desistência de ouvir o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que seria o último depoente a falar à CPI da Pandemia. A decisão aconteceu devido a necessidade de alteração no cronograma para os últimos dias de trabalho da CPI. Queiroga seria ouvido na próxima segunda-feira (18).

No lugar, a CPI deve convocar o médico Carlos Carvalho, responsável por coordenar um estudo com parecer contrário ao uso da cloroquina no combate ao coronavírus. O remédio, que é divulgado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, é comprovadamente ineficaz para a doença.

A oitiva de Carvalho ainda não foi aprovada. A comissão deve realizar uma sessão extraordinária na próxima sexta-feira (15) para votar o requerimento de convocação do médico. A Tarde

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: