DestaquesEsporte

Ceni analisa derrota, aponta erros e declara que time precisa “encontrar maneiras de vencer fora de casa”

O técnico do Bahia, Rogério Ceni, analisou a derrota sofrida pelo tricolor baiano pelo placar de 3 a 1, diante do São Paulo, neste domingo (30), pelo Campeonato Brasileiro, no Morumbis. Rogério falou sobre a sequência de jogos do Bahia e que o time precisa "encontrar maneiras de vencer fora de casa". "Para mim, o que vale é a sequência de jogos em si. Um time que quer se postar na parte de cima da tabela, se quiser chegar na primeira colocação ou estar à frente ele precisa encontrar maneiras de vencer fora de casa. Eu não acho que nós fizemos um jogo ruim hoje, eu acho que, no dia de hoje, até o momento do gol do São Paulo, tava parecido com o jogo do Flamengo: com o controle da partida, mas sem atacar a última linha de defesa do São Paulo. É sempre difícil jogar aqui, jogar no Maracanã, jogar na Arena MRV. Mas acho que talvez a gente precisa acreditar um pouco mais que a gente pode, poderíamos ter vindo aqui e vencido hoje, mas o São Paulo foi mais assertivo, foi mais letal nas oportunidades que teve, algumas até com erros nosso", disse Ceni. "Temos que encontrar uma maneira de fazer uma melhor pontuação fora de casa se a gente quiser se manter nessa posição, que a gente leva muita pressão para casa, tendo que vencer todas as partidas para se manter bem. Continuo tendo admiração pelos meus jogadores, mas temos que melhorar nisso. Poderíamos ter evitado erros, mas temos que seguir", continuou. O treinador também falou sobre os erros individuais que cederam os gols do São Paulo. "Quando se sofre gols a gente tende a encontrar um lado culpado, eu tive um time que normalmente defende bem, mas hoje fez uma ou outra escolha errada na maneira de abordar a defesa. Pesou um pouco além do normal, do que a gente está sujeito a errar durante o jogo. Os erros custaram gols, e não fomos assertivos ou efetivos como foi o São Paulo", destacou. Ceni também avaliou a possibilidade do Bahia em seguir brigando nas cabeças do Brasileirão. "Depende muito de cartões e lesões. É um elenco que tem as suas peças de jogo com as suas trocas certas, estamos conseguindo levar bem o campeonato. Estamos na 13ª rodada e não tivemos nenhum dos nossos jogadores de meio de campo suspenso nem lesionados. Passa muito por isso também. Hoje temos bons jogadores em determinadas posições, como por exemplo as laterais. Temos que acreditar e temos que brigar por tudo que a gente puder. Cada jogo vai ser uma nova história, se a gente conseguir se manter bem, sem lesões e com esses jogadores que nós temos, com a dedicação que eles dão, nós temos que nos concentrar a cada rodada, eu não consigo nem fazer uma projeção, pois é muito tempo de distância. Vamos viver o presente e tentar se manter nesse presente próximo. Vamos sofrer nesses próximos quatro jogos, mas temos que encontrar maneiras de fazer os pontos e se manter nessa posição que a gente se encontra", declarou o treinador. Terceiro colocado com 24 pontos, o Bahia tem como próximo desafio a partida diante do Juventude, na próxima quinta-feira (04), às 19h, na Casa de Apostas Arena Fonte Nova.Bahia Noticias

Deixe um comentário