Caoa pode substituir Ford na fábrica de Camaçari, afirma coluna

Empresário confirma interesse, mas quer analisar riscos.

Uma esperança surgiu para recuperar os milhares de empregos perdidos após a saída da Ford da fábrica de Camaçari na última semana. Em entrevista para a coluna UOL carros, o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono do grupo Caoa, mostrou interesse em ocupar o espaço que a motadora americana deixou na Bahia.

“Sempre tenho interesse em novos negócios, mas é preciso analisar todo o processo porque não queremos desgastar a nossa imagem. E só iremos para frente se eu sentir muita segurança”, disse o empresário.

Segundo a coluna, a Cherry, uma das empresas chinesas que já foram contatadas para substituir a Ford, é a principal parceira da Caoa no Brasil, teria a preferência na negociação.

O dono do grupo reforçou que é preciso que “o governo também precisa dar condições de trabalho”, e disse considerar bastante os incentivos fiscais do regime automotivo do Nordeste, prorrogado até 2025. Varela

Deixe uma resposta