Câmara pede que prefeito de Manaus explique gastos de R$100 mil em ida a Barcelona

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), terá que explicar os R$ 100 mil gastos durante uma viagem a Barcelona na Câmara Municipal de Manaus, que aprovou um requerimento para convocá-lo.

O gestor esteve na cidade catalã no último final de semana para participar da Maratona de Barcelona. O prefeito fez diversas publicações em suas redes sociais para divulgar a sua participação no evento.

Em nota enviada ao g1, a Prefeitura de Manaus informou que "o objetivo foi divulgar a 'Maratona de Manaus 2022', e atrair maratonistas estrangeiros e suas famílias para o evento esportivo, a ser realizado em outubro na capital amazonense."

Entretanto, no Diário Oficial do Município (DOM) aparece apenas o registro de afastamento de dois secretários municipais para a ida à Barcelona.

Durante sessão realizada na quarta-feira (11), a Câmara Municipal de Manaus aprovou requerimentos, apresentados pelo vereador Rodrigo Guedes (Republicanos), para que a prefeitura dê explicações sobre a viagem.

"A gente não tem nenhuma informação de quantas pessoas foram, só sabemos que foram muitas. E quanto custou essa viagem, quanto custou esse tour com dinheiro público aqui da população da cidade de Manaus, do estado do Amazonas.", disse o vereador Rodrigo Guedes (Republicanos).

Confira, na íntegra, o posicionamento da prefeitura:
A respeito dos questionamentos relacionados à viagem do prefeito David Almeida e de sua comitiva municipal a Barcelona, na Espanha, a prefeitura informa que o objetivo foi divulgar a “Maratona de Manaus 2022”, para atrair maratonistas estrangeiros e suas famílias para o evento esportivo, a ser realizado em outubro na capital amazonense.

A Prefeitura de Manaus tem trabalhado para fazer de Manaus uma cidade global, atrativa internacionalmente, criando estratégias de fomento à economia por meio de grandes eventos.

E o turismo esportivo é um desses caminhos, onde se comprova ampla movimentação de serviços e incremento de receita na rede hoteleira, no transporte, em restaurantes, entre outros, uma oportunidade para que Manaus se desenvolva ainda mais e deixe no passado as tristes imagens do período pandêmico da Covid-19, vistas em todo o mundo.

Importante ressaltar que a Maratona de Barcelona atraiu mais de 30 mil pessoas, oriundas de todas as partes da Espanha e outras partes da Europa, sendo uma das principais maratonas do continente europeu e uma excelente oportunidade de visibilidade para a Maratona de Manaus e todo o apelo que envolve a Amazônia, cujos estrangeiros têm grande interesse.

A estratégia do município com seu estande foi fornecer aos maratonistas informações sobre a prova e convidá-los a descobrirem a Amazônia, por meio de imagens turísticas locais.

A comitiva foi formada, além do prefeito, por servidores ligados à organização e divulgação da Maratona de Manaus, com custo de R$ 72 mil referentes às passagens de agentes públicos e de R$ 32 mil referentes às diárias dos servidores para as despesas de hospedagens, deslocamentos e alimentação.

O prefeito David Almeida abriu mão de suas diárias.

As informações detalhadas relacionadas aos servidores da comitiva estarão disponíveis no Portal da Transparência tão logo as prestações de contas sejam finalizadas.

Fonte: Correio 24hs

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: