Brasil 4×3 mão pesada no adeus de Portugal ao Mundial

O campeão está fora do Mundial. Portugal foi eliminado, do Campeonato do Mundo de futebol de praia das Bahamas, ao ser derrotado pelo Brasil, por 4-3.

No melhor jogo da equipa das quinas na competição, o duelo foi decidido nos detalhes e por alguns erros da equipa de arbitragem.

Depois de passar, com sofrimento e sem brilhantismo, a fase de grupos, o melhor Portugal pisou as areias de Nassau, capital das Bahamas.

Dois segundo de jogo e já os campeões festejavam o primeiro golo, da autoria de Torres.

A resposta canarinha não demorou muito mais (10s), com Catarino a empatar.

Mesmo em cima do fim do primeiro período, Jordan devolveu a vantagem aos portugueses, após assistência de Leo Martins.

Em apenas um minuto e 20 segundos do segundo período, o Brasil deu a volta à história.

Primeiro, Datinha transformou um livre direto no 2-2 e, logo a seguir, o mesmo jogador voltou a marcar de bola parada.

Mas desta vez de uma falta absolutamente inventada pelo árbitro principal da partida.

Brasil 4×3 mão pesada no adeus de Portugal ao Mundial

Pela primeira vez em desvantagem no marcador, a reação portuguesa foi à campeão.

Já depois de José Maria desperdiçar uma grande penalidade e de Madjer e Leo Martins testarem os reflexos incríveis do guarda-redes brasileiro.

Mão, Jordan voltou a deixar tudo empatado nas areias das Bahamas, aproveitando um péssimo alívio da defesa adversária.

Portugal desperdiçou duas chances de ouro para fazer o 4-3 e pagou bem caro.

A dois minutos do final, um pontapé de bicicleta incrível de Rodrigo ditou a vitória brasileira e o adeus do campeão do Mundo em título.

Brasil 4x3 mão pesada no adeus de Portugal ao Mundial

Com a vaga para a semifinal garantida, o Brasil agora espera seu adversário por um lugar na grande decisão.

O que sairá do confronto entre Itália e Senegal.

Brasil 4×3 mão pesada no adeus de Portugal ao Mundial

Fonte: Jornal de Noticias