Botijão de gás volta ser vendido por R$ 50 em Feira de Santana

Crédito: ASCOM/Sindpetro

Serão vendidos 100 botijões de gás.

Uma ação que será realizada em Feira de Santana na próxima segunda-feira (20) comercializará o gás de cozinha por R$ 50. A iniciativa é um protesto do Sindipetro Bahia. Uma ação semelhante já foi realizada este ano no município, no mês de setembro.

Serão vendidos 100 botijões de gás pelo valor unitário de R$ 50 para as primeiras 100 pessoas que chegarem à Rua Pax, no bairro Subaé, a partir das 7h. O restante do valor botijão, que já ultrapassa os R$ 100 em muitos locais, será subsidiado pelo Sindipetro.

O objetivo é chamar a atenção para a política de preços da atual gestão da Petrobrás, que ao adotar o PPI – Preço de Paridade de Importação – que atrela os preços dos derivados de petróleo no país ao dólar e ao valor do barril de petróleo no mercado internacional, o que vem causando os aumentos dos preços do gás de cozinha, gasolina e diesel.

No caso da Bahia a pressão pela redução dos valores dos combustíveis está sendo feita agora contra a Acelen, empresa que administra a Refinaria de Mataripe (antiga Landulpho Alves – RLAM) após a privatização da refinaria baiana.

“Estamos com um grande problema no nosso estado, pois os consumidores já estão sendo prejudicados devido à privatização da RLAM. Esta semana a Petrobrás reduziu o preço da gasolina em suas refinarias, mas como a refinaria baiana não pertence mais à estatal, na Bahia não houve redução de preço, como também não haverá, futuramente, redução do preço do gás de cozinha”, enfatiza o diretor de comunicação do Sindipetro, Radiovaldo Costa. Folha do Estado

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: