Brasil

Bonita vitória da direita em Portugal

André Ventura, do Partido Chega Foto: EFE/EPA/MIGUEL A. LOPES

Portugal, nação coirmã, deu uma guinada na política, neste final de semana, com a vitória da Aliança Democrática, uma coligação de direita.

Nos últimos oito anos, o partido socialista esteve no poder e provocou uma estagnação econômica sem precedentes. Publicações periódicas, como as do The Economist, mostravam que o índice da democracia, em Portugal, apontava recuo na categoria de “país totalmente democrático”, para uma “democracia com falhas”. Essa perda de categoria foi registrada em 2020.

Na verdade, o socialismo, que se apresenta como a panaceia para todos os males, vem enfrentado reveses em várias partes do mundo. Os fatores principais que levam o povo a votar por mudanças são o risco para as tradições judaico-cristãs, com movimentos cíclicos pela legalização das drogas e o aborto. Também, a ideologia de gênero e à descristianização que se acentua em países de arraigada tradição cristã, devido a infiltrações marxistas dentro da própria Igreja. E, as famílias em Portugal são um baluarte em defesa do conservadorismo e da tradição familiar dos costumes, tão semelhantes aos nossos, em nosso país.

Finalizo agradecendo a Deus que permitiu que nossos irmãos portugueses tirassem a trave de seus olhos, permitindo-os enxergar um mundo mais lindo com a fé inabalável que tanto nos caracteriza. E peço que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todo o povo português.

Fonte: Pleno News