Bolsonaro deve indicar André Mendonça como ministro do Supremo

A indicação do presidente deve deixar um ‘climão’ com o centrão, que apresenta resistência ao nome do atual Advogado-Geral da Unão.

Rio – Mesmo com resistência do centrão, o nome preferido do presidente Jair Bolsonaro para substituir Marco Aurélio Mello no STF (Supremo Tribunal Federal) segue sendo André Mendonça, atual Advogado-Geral da União. Segundo informações da Folha, aliados do presidente acreditam que indicação será oficializada em algumas semanas.

Ao Congresso, o presidente indicou que formalizará a indicação antes do recesso parlamentar. Já ao Judiciário, o governo diz que o nome será anunciado no segundo semestre.O Supremo ainda não enviou ao Palácio do Planalto o comunicado oficial de que o ministro Marco Aurélio Mello vai se aposentar em 5 de julho. Isso porque a Corte quer evitar a indicação de um substituto ainda com Marco Aurélio na ativa — os ministros veem o cenário como forma de pressionar o Supremo. O Dia

Deixe uma resposta