Bandidos assaltam em hamburgueria na Pituba: ‘Tiros e muita agonia’

Eles entraram em condomínio e se esconderam em árvore e obra, mas foram presos.

Uma situação de violência aconteceu na noite desta sexta-feira (6) durante uma assalto na hamburgueria Red, na Pituba. Houve tiros e três suspeitos fugiram em direção ao Parque Julio César, também na Pituba, onde dois deles foram presos. Não houve feridos. 

Segundo a Polícia Militar, a 13ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pituba) foi acionada por volta das 22h50 pela Central de Polícia, com relato de moradores que ouviram disparos de arma de fogo na Rua Alexandre Herculano. Quando a PM chegou, as testemunhas contaram que três homens, dois deles armados, chegaram no local e roubaram pessoas que estavam na diante da hamburgueria, incluindo um motoboy. 

Testemunhas contam que logo que os ladrões se aproximaram uma pessoa armada, que disse ser um policial fora de serviço, atirou contra eles, dando início aos tiros. A PM não confirmou essa informação.

Um cliente que estava no local diz que viu o momento em que um homem armado se aproximou. “Estava sentado virado para rua. Acredito que foi a primeira pessoa a ter visto o cara chegando. Desceu a ladeira, tirou a arma da cintura e saiu apontando”, diz ele, que achou que a arma era de brinquedo inicialmente. O cliente diz que ficou impressão que não se tratava de um assalto, e sim que a intenção era de matar alguém. “Ele realmente roubou celulares, mas se quisesse tinha conseguido roubar mais fácil. Eu deixei minha carteira em cima da mesa”, conta.

Ao lado da menina que o acompanhava e de pessoas da mesa ao lado, ele correu e se trancou no banheiro. “Metade numa cabine e metade na outra. Falei, ‘entra aí, fica quieta até acalmar.’ Quando a gente estava dentro do banheiro foram uns três, quatro tiros”, acrescenta. Havia marcas de tiros em um carro que estava diante da Red e na porta de uma cervejaria próxima.

Moradores das proximidades chegaram a ouvir tiros. “Eu ouvi uns quatro tiros, muita agonia, percebi que vinha da ladeira da Red, mas na hora não sabia o que era”, conta uma moradora que assistia TV na sala em um condomínio próximo. Outra vizinha que também ouviu os disparos diz que a PM chegou rapidamente. “Estava deitada no sofá usando o celular quando ouvi quatro tiros. Olhei pela janela para ver se tinha acontecido algo e, uns cinco minutos depois, já tinha carro de polícia indo para aquela região”, conta.

Fuga
Depois do crime, os bandidos fugiram. A PM teve informação de que eles seguiram na direção da Alameda Salermo, no Júlio César, onde estariam escondidos em uma árvore. As buscas continuaram e o trio conseguiu se esconder em uma obra próxima. Os policiais conversaram com o vigilante da construção e tiveram acesso ao interior do empreendimento.

Um dos suspeitos foi preso no local, escondido embaixo de um banco de refeitório. Outro escapou por um condomínio contíguo, mas foi localizado escondido em um contêiner perto de um hotel da região. Com ele estava uma mochila com os celulares e carteiras.

O terceiro envolvido conseguiu fugir num primeiro momento. Ele dirigia o carro que o grupo usou para chegar à hamburgueria, um Corsa Classic de cor prata, e escapou usando o carro, mas foi preso posteriormente. Os três  foram levados para a Central de Flagrantes, onde as vítimas do roubo os reconheceram. Eles ficaram presos e foram autuados em flagrante por roubo e associação criminosa. Segundo a Polícia Civil, foram recuperados cinco celulares e uma carteira. 

A Red lamentou o crime e diz que vai intensificar a segurança do local – no momento, há uma segurança para toda a rua, mas a intenção é contratar uma apenas para a hamburgueria. A lanchonete fechou após o caso e ainda não confirmou se funcionará normalmente hoje. Correio 24h

Deixe uma resposta