Bahia sai atrás, mas arranca empate com Atlético-MG no Mineirão

O Bahia saiu atrás no placar, mas conseguiu arrancar o empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, no Mineirão, na noite deste sábado (13), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Eduardo Sasha marcou para os donos da casa no primeiro tempo, enquanto Rossi balançou as redes para o time baiano na etapa complementar.

Por enquanto, o Tricolor segue fora da zona de rebaixamento no 16º lugar com 38 pontos, um a mais do que o Vasco, que é o 17º. Porém, o Cruzmaltino entra em campo neste domingo (14), às 16h, contra o Internacional, em São Januário. O Galo é o terceiro colocado com 62.

O Bahia volta ao gramado no próximo sábado (20), às 21h, para enfrentar o Fortaleza, no Castelão, pela 37ª rodada. No dia seguinte, domingo (21), às 16h, é a vez do Galo pegar o Sport, na Ilha do Retiro.

O JOGO

O Bahia começou o jogo desperdiçando uma grande chance de abrir o placar com 20 segundos de jogo. Gabriel Novaes avançou pela esquerda e rolou para área, Rodriguinho não conseguiu dominar e a bola sobrou com Rossi. Sozinho e de frente para Everson, o atacante escolheu o canto, mas finalizou para fora.

Apesar de jogar fora de casa, o Bahia tentou mais uma boa triangulação pela esquerda, mas esbarrou na defesa mineira. Mas depois, aos 11 minutos, o Tricolor teve uma sequência de chances. Nino Paraíba puxou o contra-ataque e tentou cruzar, mas a bola tocou na defesa. Gabriel Novaes ficou com a sobra e bateu em cima de Everson. Rodriguinho dominou no rebote, mas teve a finalização bloqueada pelo zagueiro Réver.

O Atlético dominava e tocava mais a bola, mas sem conseguir furar a boa marcação do time baiano com uma linha de cinco jogadores.

Sasha abre o placar para o Galo
O Galo abriu o placar aos 19 minutos com Eduardo Sasha. No lançamento da direita para a esquerda, Rossi não conseguiu cortar, Arana recebeu e descolou o cruzamento na medida para o camisa 18 subir na frente de Lucas Fonseca e cabecear firme para o fundo do gol. Atlético-MG 1×0 Bahia

O Atlético seguiu dominando a partida e chegando mais na área do Tricolor. Do outro lado, o time baiano tentava chegar ao ataque pela esquerda com Gabriel Novaes e Matheus Bahia, e com Nino pela direita, mas esbarravam na marcação da defesa mineira.

Aos 41, Matheus Bahia construiu boa jogada pela esquerda, invadiu a área e tocou para trás. No bate e rebate, Nino dominou e acertou a defesa na finalização. O Tricolor ainda teve mais outra boa chance, desta vez com Rodriguinho, no minuto seguinte. Após jogada de Nino, a bola sobrou para o camisa 10, que bateu cruzado e quase acertou o canto direito de Everson.

O Tricolor ainda desperdiçou outra chance preciosa para empatar a partida. Jair bobeou no meio de campo, Gabriel Novaes dominou e disparou para o ataque. Ele invadiu a área, mas, de cara pro gol, finalizou em cima de Everson.

Segundo tempo

O Atlético-MG voltou do vestiário com uma modificação. Franco entrou no lugar de Nathan. Enquanto o Bahia voltou com a mesma formação que iniciou a partida.

Rossi empata para o Tricolor
Se no primeiro tempo Rossi desperdiçou uma boa chance, desta vez ele não deixou passar. O atacante disparou em alta velocidade do campo baiano, invadiu a grande área e fuzilou Everson batendo forte e no alto estufando as redes mineiras no primeiro minuto do recomeço do jogo. Atlético-MG 1×1 Bahia

O Atlético respondeu aos oito minutos. Nino errou o tempo da bola ao tentar cortar o cruzamento e Marrony ficou livre passando para Arana. O lateral bateu de primeira e desviou em Ernando indo para fora. Após cobrança de escanteio, Sasha rolou para Savarino que chutou por cima do gol de Claus.

Com caimbras, o jovem Patrick de Lucca deixou a partida para a entrada de Elton aos 22.

Na primeira vez que tocou na bola, Elton recebeu no meio, soltou uma bomba de fora da área, que explodiu no travessão e bateu no chão. Quase o volante vira o placar para o Tricolor aos 24.

Na primeira vez que tocou na bola, Elton recebeu no meio, soltou uma bomba de fora da área, que explodiu no travessão e bateu no chão. Quase o volante vira o placar para o Tricolor aos 24. O Galo respondeu três minutos depois, mas Mateus Claus operou um milagre e fez a defesa na cabeçada de Marrony. Em seguida, o goleiro do Tricolor fez outra boa defesa evitando o gol atleticano.

Aos 33, Gabriel Novaes teve outra boa chance, mas parou em Everson. Ele recebeu em velocidade, invadiu a área e chutou rasteiro para a defesa do goleiro do Galo.

Luiz Felipe havia entrado no lugar de Rossi, mas acabou sentindo a coxa cerca de dez minutos em campo. Juninho Capixaba entrou no lugar. Na mesma substituição, Ernando saiu com dores na panturrilha e Juninho foi chamado para a vaga.

FICHA TÉCNICA
Atlético-MG 1×1 Bahia
Campeonato Brasileiro – 36ª rodada

Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 13/02/2021 (sábado)
Horário: 19h
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN), auxiliado por Vinicius Furlan e Fabio Rogerio Baesteiro (ambos de SP)

Cartões amarelos: Sávio (Atlético-MG) / Ronaldo (Bahia)

Gols: Eduardo Sasha (Atlético-MG) / Rossi (Bahia)


Atlético-MG: Everson; Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Nathan (Franco) e Hyoran (Vargas); Savarino, Eduardo Sasha e Marrony (Sávio). Técnico: Jorge Sampaoli.


Bahia: Mateus Claus; Nino Paraíba, Ernando (Juninho), Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Ronaldo, Gregore e Patrick de Lucca (Elton); Rossi (Luiz Felipe/ Juninho Capixaba), Gabriel Novaes (Marcelo) e Rodriguinho. Técnico: Dado Cavalcanti. Bahia Notícias