Auxílio-Brasil de R$ 400 começa a ser pago em novembro, diz João Roma

O programa social que vai substituir o Bolsa-Família, o Auxílio-Brasil, no valor de R$ 400, será pago a partir de novembro deste ano. A informação foi confirmada pelo ministro da Cidadania, João Roma, em pronunciamento feito na tarde desta quarta-feira, 20.

Há um ano da eleição, a medida é vista como crucial para salvar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro. Na Bahia, Roma deve tentar o governo usando o aval do presidente e promete encarar a missão de ser o seu representante no estado governado pelo PT.

“A partir de novembro iniciaremos a execução do Auxílio Brasil. O Auxílio Brasil é um avanço no que tange ao programa de transferência de renda. Está integrando políticas sociais, para que possamos, além de oferecer teia de proteção social para pop em vulnerabilidade, também agir na transformação social, oferecendo possibilidade e estímulo a esses brasileiros”, disse o ministro.

O valor pago vai variar entre R$ 100 e R$ 500, de acordo com a formatação e condição social de cada família.

Para evitar furar o teto de gastos, preocupação constante do Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes, Roma avisa que a ideia é obter o recurso por meio de “créditos extraordinários”.

“Nao estamos aventando que o pagamento desse beneficio se dê através de créditos extraordinários. Estamos vendo que pagamento siga de mãos dadas com a responsabilidade fiscal”, garante. A Tarde

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: