Após invasão dos servidores, sessão que votaria reforma administrativa é derrubada

A sessão que votaria o pacote de medidas econômicas do governador Rui Costa foi derrubada na tarde desta terça-feira (11) após a invasão dos servidores poúblicos ao pelnário da Assembleia Legislativa da Bahia.

Cerca de 200 manifestantes bradam gritos como “Tira da Pauta” e “Servidores unidos, jamais serão vencidos”.

Dentre as medidas consideradas maléficas para o servidor público estão o aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos de 12% para 14% e do enxugamento de 800 cargos comissionados.

O projeto

O projeto de lei propondo a reforma foi encaminhado para a Assembleia Legislativa da Bahia na sexta-feira (3) e somente entrará em vigor com a aprovação dos deputados. A estimativa é que as medidas permitam economizar R$ 400 milhões anuais. Para o governador, a nova reforma administrativa faz parte de um pacote de medidas preventivas com ajustes para a Bahia se precaver para quatro anos de dificuldades, já que, em suas previsões, 2019 não. Bocão

%d blogueiros gostam disto: