Após fracasso no Baiano, Bellintani deseja que estaduais virem seletiva para o Nordestão

Depois do Bahia ficar em sexto lugar no Campeonato Baiano, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, voltou a falar na possibilidade do Bahia sair do estadual. Em entrevista ao site ge.globo, o mandatário valorizou a manutenção da Copa do Nordeste e ressaltou a importância do regional. Para ele, o “mundo ideal” é transformar os estaduais em uma seletiva para a Lampions League. “Sou completamente favorável, acho que é um campeonato bem organizado. Na verdade, é o nosso principal campeonato do primeiro trimestre. Para mim, o mundo ideal era fazer com que os estaduais fossem seletivas para o Nordestão, porque a gente não suporta mais jogar tanta competição. O primeiro semestre é trágico para todos os clubes, por conta de tanta competição que a gente tem. Então o ideal é sair do estadual e transformar o estadual em acesso para o Nordestão”, disse. Essa não é a primeira vez que Bellintani mostra desinteresse no Campeonato Baiano. Em julho de 2020, o dirigente afirmou que trocaria com facilidade um título estadual por três pontos no Campeonato Brasileiro. No ano passado, o Tricolor amargou o rebaixamento para a Série B. Foto: Reprodução / Twitter Por outro lado, o Campeonato Baiano também serviu ao presidente tricolor. Dono da principal cadeira no tricampeonato nos anos de 2018, 2019 e 2020, ele usou os três títulos para se defender das constantes críticas ao departamento de futebol. “O Bahia joga cinco competições no cenário nacional e internacional. Fomos tricampeões baianos, em 2018, 2019 e 2020. Coisa que a gente não era há 32 anos. Nós fomos, em 2018, a melhor colocação da história do clube em uma competição internacional, na Copa Sul-Americana. Nós fomos, em 2019, a melhor colocação da história do clube na Copa do Brasil, 5º colocado. Nós fomos, em 2018 e 2019, as duas melhores colocações da história do clube no Campeonato Brasileiro de pontos corridos. E nós, apesar de termos ido a duas finais em três anos da Copa do Nordeste, não ganhamos nenhuma das duas. E aí parece que a grande decepção está concentrada em uma competição. E eu entendo que é uma decepção mesmo. Mas, na minha crença, não é possível que, a gente tendo, em cinco competições, temos marcas históricas em quatro delas nos últimos três anos… E o que figura é que o Bahia é um problema no futebol. Eu não consigo concordar com isso”, declarou, em setembro de 2020. Maior campeão estadual, com 49 títulos, o Bahia foi eliminado na primeira fase do Campeonato Baiano neste ano, algo que não acontecia desde 2003. Com a eliminação no Baiano e na Copa do Nordeste, o time do técnico Guto Ferreira se viu obrigado a ter uma intertemporada até a estreia na Série B, marcada para a próxima sexta-feira (8).Bahia Noticias

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: