Após Bolsonaro rejeitar, Mourão irá à posse de Fernández na Argentina

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×
No último sábado, o presidente brasileiro disse que não mandaria um representante, mas que também não iria proibir a ida caso algum membro do governo se voluntariasse

Após o presidente Jair Bolsonaro negar que iria comparecer à posse do presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, irá participar da cerimônia, marcada para o dia 10 de dezembro. A informação foi confirmada pelo jornal argentino El Clarín. Um integrante da comitiva que acompanha Fernández em viagem ao México confirmou que um assessor do Palácio do Planalto transmitiu a informação sobre a presença de Mourão em Buenos Aires.

Já o Jornal O Globo afirma que fontes ligadas ao Planalto apontam que um ministro do governo irá à posse e não o vice-presidente. No último sábado, o presidente disse que não mandaria um representante, mas que também não iria proibir a ida caso algum membro do governo se voluntariasse. Até o momento, Fernández não conversou diretamente com Bolsonaro, nem recebeu qualquer mensagem relativa à sua vitória nas urnas no dia 27 de outubro.Ele derrotou Mauricio Macri, que era apoiado por Bolsonaro.

Antes mesmo da votação, os dois trocaram farpas publicamente. O presidente brasileiro criticou Fernández, que visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, onde o petista está preso. Apesar das diferenças, analistas ouvidos pelo El Clarín acreditam que a Casa Rosada buscará manter algum canal de diálogo com o governo brasileiro, principal parceiro comercial do país.

Metro 1

Deixe uma resposta

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×