Após afastamento, defesa de Aécio vai ao STF tentar retomar mandato do senador

A defesa do senador afastado Aécio Neves (PSDB) irá apresentar um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar retomar o mandato do tucano, nesta segunda-feira (22).

Desde que a Operação Patmos foi deflagrada, Aécio Neves foi afastado do Senado e de “qualquer outra função pública” pelo ministro Edson Fachin. Isso ocorreu na última quinta-feira (18).

O senador afastado também está impedido de se encontrar com outros investigados pelo inquérito e de sair do país.

Ao jornal Folha de S. Paulo, o advogado de Neves classificou o afastamento como ilegal.

 Voz da Bahia