Após acordo judicial, Salvador terá aumento da frota de ônibus em horários de pico

Outro compromisso assumido pela prefeitura foi o de não autorizar qualquer desativação de frota no sistema de transporte coletivo.

O secretário municipal de Mobilidade, Fabrizzio Muller, assumiu nesta quarta-feira (9) o compromisso de regularizar a frota de ônibus em Salvador, aumentando a frota de ônibus em horários de pico na cidade. 

Em termo de acordo judicial firmado com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), a gestão municipal promete emitir ordens de serviço para que os concessionários ampliem a quantidade de viagens programadas nas linhas críticas, nos horários mais movimentados da manhã e da tarde, durante a pandemia. 

Segundo o MP-BA, outro compromisso assumido pela prefeitura foi o de não autorizar qualquer desativação de frota no Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus de Salvador, mesmo em razão do ingresso dos 64 veículos novos, correspondentes à renovação de frota de 2021 — salvo situações excepcionais.

Além disso, o Município deverá exigir dos concessionários a adoção de medidas necessárias para a limpeza e higienização dos veículos como forma de prevenção contra a disseminação do vírus por contaminação e exercer a fiscalização do cumprimento dessa demanda.

O Conselho Estadual de Saúde da Bahia (CES-BA), órgão que fiscaliza o SUS no estado, enviou em janeiro um ofício ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) solicitando a intervenção. No documento, o CES-BA afirmava considerar a medida essencial para o controle da disseminação do vírus da Covid-19 e proteção da população trabalhadora da capital baiana. Metro 1

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: