Adolescentes que pulam café da manhã potencializam chances de obesidade

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

O costume comum entre os adolescentes de pular o café da manhã pode contribuir para o excesso de peso e doenças crônicas. Essa possibilidade se dá porque pular refeições, como o café da manhã, é um comportamento que influencia o metabolismo.

A Pesquisa Nacional do Escolar (Pense), em 2015, indicou que 35,6% de escolares frequentando o 9º ano do Ensino Fundamental nas grandes regiões e capitais brasileiras não têm o costume de tomar café da manhã. Nos Estados Unidos, o percentual de crianças e adolescentes que não realizam essa refeição também cresceu nas últimas décadas.

Uma pesquisa brasileira, que reuniu dados brasileiros e europeus, publicada na revista Nature em julho deste ano, observou como determinados comportamentos, a exemplo de atividade física, pular o café da manhã e tempo de sono, em uma amostra de adolescentes da Europa e do Brasil, foram associados ao ganho de peso.

O resultado, segundo o site Nutrição sem Neura, revelou que os meninos e meninas que pulavam o café da manhã apresentaram níveis mais altos de excesso de peso e obesidade, calculados a partir da circunferência abdominal e IMC.

A pesquisa também concluiu que o hábito de pular essa refeição está associado à obesidade, independentemente do tempo de sono. Ou seja, adolescentes europeus e brasileiros que não tomavam café da manhã, mesmo com um tempo de sono adequado, apresentavam níveis mais altos de excesso de peso ou obesidade. Por outro lado, a atividade física não apresentou associação com a obesidade.

bahia noticias

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×