Uber pede 15 dias para explicar vazamento de dados de 196 mil brasileiros

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Foto: Gabriel Luiz/G1

Ministério Público do Distrito Federal pediu esclarecimentos à Uber sobre o vazamento de dados pessoais de usuários brasileiros, após a empresa de transporte executivo ter revelado, em novembro do ano passado, que as informações de 57 milhões de clientes e motoristas de todo o mundo tinham sido roubadas.

Ao órgão, o aplicativo pediu um prazo de 15 dias para apresentar as explicações “diante da complexidade de obter os dados”.

No site da Uber, consta a informação de que a violação de dados teria afetado cerca de 196 mil usuários do Brasil. A empresa, no entanto, afirma que o número ainda “não é exato e nem definitivo”.

 Questionada sobre o pedido do MP, a Uber afirmou em nota que “já recebeu o ofício do MPDFT solicitando esclarecimentos e responderá fornecendo todas as informações necessárias”.

G1 Notícias

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×