Simões Filho: Empresa responsável por aterro diz que obra segue legislação

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Responsável pela construção de um aterro em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, a empresa Naturalle Tratamento de Resíduos Ltda informou que a obra segue parâmetros legais, sem danos à saúde pública e à biodiversidade.

Em nota, a companhia declarou que o empreendimento em Simões Filho “é uma Central de Tratamento e Valorização de Resíduos em total conformidade com a política nacional de resíduos sólidos, prevista na Lei 12305/2010”.

Ativistas contrários ao aterro acusam riscos ao meio ambiente, com poluição do aquífero São Sebastião, e às comunidades que moram no local.

Nesta terça-feira (16), uma audiência pública discute a instalação do aterro. Em resposta, a companhia responsável pelo projeto diz que a obra “vai preservar os recursos hídricos subterrâneos e superficiais”.

Suas ações ambientais vão além do que determina as normas para evitar quaisquer danos às águas subterrâneas, à fauna e à flora locais.

A companhia ainda afirmou que devem ser gerados mais de 600 novos postos de trabalho diretos e indiretos para a população de Simões Filho.

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×