Lauro de Freitas: Prefeitura nega expulsão de moradores em área atrás de UPA de Itinga

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Uma ação da prefeitura de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), chamou a atenção de quem estava atrás da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itinga, nesta quinta-feira (8). Funcionários da prefeitura retiravam edificações que estavam em construção no local. Um site da cidade chegou a chamar a ação de “truculenta” contra pessoas de baixa renda que estariam sendo expulsas dali. Procurada pelo Bahia Notícias, a prefeitura da cidade, através do secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pires, negou que tenha havido irregularidade no caso. Conforme Pires, a pasta recebeu, em novembro do ano passado, denúncias de que o local, que segundo ele é público e de preservação ambiental, era usado de forma irregular. Além disso, acrescenta o secretário, as ocupações estavam pondo em risco tanto os prédios públicos [a UPA e um espaço de idosos]  como as próprias construções dos moradores. “Antes da ação, nós estivemos com todos as pessoas que estavam ali e explicamos que não podia ser construído nenhum prédio. Mas mesmo assim, talvez induzidos por invasores profissionais, eles não saíram. Alguns não quiseram sair nem diante da presença de policiais”, declarou ao BN. O secretário disse ainda que foram retiradas só as construções em andamento, não atingido quem reside por ali. Para estes, Pires disse que devem ser relocados em trabalho da secretaria de Ação Social. BN

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×