Labrador: E também como ter um cachorro calmo

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Os filhotes de Labrador são muito fofos e cativantes. E quando adultos eles continuam tão simpáticos quanto antes. Uma raça popular no mundo todo que conquista cada vez mais corações.

Família: cão de caça, cão de busca
Grupo do AKC: Esportistas
Área de origem: Canadá
Função original: busca na água
Tamanho médio do macho: Alt: 57-62 cm, Peso: 29-36 kg
Tamanho médio da fêmea: Alt: 54-60 cm, Peso: 25-31 kg
Outros nomes: Retriever do Labrador, Labrador Retriever
Posição no ranking de inteligência: 7ª posição

Energia                               

Gosto por brincadeiras   

Amizade com outros cães 

Amizade com estranhos    

Amizade com outros animais  

Proteção                               

Tolerância ao calor            

Tolerância ao frio              

Necessidade de exercício 

Apego ao dono                   

Facilidade de treinamento 

Guarda                                 

Cuidados com a higiene do cão   

 

Cores do Labrador

labrador amarelo

Um bom exemplo de um cão despigmentado, fruto de cruzas erradas.

Cientificamente não foi comprovado que desvios de comportamento sejam mais comuns a uma cor do que a outra. Mas, é visto que a maioria dos problemas ocorre em labradores amarelos e chocolates (ambas as cores são recessivas, sendo que a cor chocolate é ainda mais recessiva que a cor amarela). Nota-se que os labradores amarelos são mais agitados, mais ansiosos e tem mais problemas temperamentais que as outras cores. Isso pode ser explicado pelo fato de que o labrador amarelo ficou muito popular, muita gente cruza sem ter conhecimento sobre a raça (principalmente sem reparar o temperamento do cão. Cruza só porque acha bonito, e aí não percebe que está cruzando um cão muito agitado, agressivo ou medroso. Por isso cruza só deve ser feita por canis experientes). Por isso vemos tantos labradores amarelos problemáticos (lembram do filme “Marley & Eu”?).

Não recomenda-se cruzar um labrador amarelo com um labrador chocolate, ou então dois labradores chocolate por três gerações sucessivas (ou seja, os pais são chocolate, os avós são chocolate e os bisavós são chocolate).

Nem cruzar dois amarelos por mais de quatro gerações, sem que esses cães cruzem com labradores pretos.

Essas cruzas acabam gerando um problema de despigmentação nas mucosas e olhos.

Um labrador amarelo com focinho e olhos claros NÃO está dentro do padrão e não deveria nunca cruzar.

Essa despigmentação pode causar inclusive câncer de pele, pois eles não tem melanina pra proteger tais regiões (como o focinho, por exemplo).

 

Temperamento do Labrador

LabradorPoucas raças merecem tanto seu sucesso como o Labrador Retriever.

Devotado, obediente e amável, o Lab se dá bem com crianças, outros cães e animais de estimação.

Ele pode ser um tranquilo cão dentro de casa, um brincalhão no quintal e um intenso cão do campo, tudo no mesmo dia.

Ele tem muita vontade de agradar, adora aprender e se supera em obediência. É uma raça forte, que gosta de nadar e buscar coisas. Ele precisa de desafios diários para se manter ocupado.

Um Labrador entediado pode se meter em encrencas, como destruir tudo o que estiver na sua frente.

 

Como cuidar de um cachorro Labrador

Labradores são cães ativos e sociáveis. Ele precisa de exercícios diários, de preferência nadando e buscando.

Labradores adoram água! Donos de um Labrador que tenham piscina devem manter uma área separada só para ele, ou se preparar para dividir a piscina com o cachorro.

Seu pelo é impermeável, não molha facilmente e precisa ser escovado para remover pelos mortos. Labradores são mais felizes vivendo dentro de casa com sua família, não é o tipo de cachorro pra ficar somente no quintal.

Labradores suportam muito bem temperaturas altas e baixas e não costumam ter problemas com calor ou frio.

Eles são muito dóceis e ficam magoados e tristes quando brigam com eles ou quando gritam. Um treinamento calmo e assertivo fará do seu labrador um cão feliz e equilibrado.

Labrador tem tendência a engordar, então para evitar a obesidade, sempre controle suas porções de comida. Ofereça a quantidade de ração recomendada na embalagem e jamais deixe comida a vontade, pois são muito comilões!

Se você não tem tempo de passear, não pense em ter um labrador. Eles precisam de MUITO exercício e 20 minutos de caminhada não são suficientes pra suprir isso.

 

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×