Jovem morta com 12 tiros dentro de academia é enterrada na Bahia

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Menina de 18 anos morreu na noite de quinta-feira, na cidade de Catu. Polícia Civil ainda investiga motivação e autoria do crime.

A vítima era estudante do Colégio Estadual Maria Isabel de Melo Goes, e a notícia do crime surpreendeu a direção da escola. A jovem era tida como uma menina muito tranquila por todos, segundo Delmacir Ribeiro, vice-diretor do colégio. A instituição decretou luto.

Em contato com o G1 na manhã desta sexta-feira (17), Delmacir Ribeiro falou sobre a morte da estudante. “A notícia pegou todo mundo de surpresa, ela era uma menina muito tranquila, não se envolvia em confusão. A mãe dela era muito participativa dentro da escola, e ela era querida por todos. Não dá para imaginar alguém querer fazer mal a uma pessoa assim”, desabafou o vice-diretor.

O colégio já estava sem aulas desde o dia 15, devido à mobilização contra a reforma da Previdência, mas a direção fez questão de decretar luto após a morte da estudante. A vítima estava cursando o terceiro ano do Ensino Médio.

Mobilização contra morte de estudante circula por aplicativo de celular (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Crime
Uma jovem de 18 anos foi executada com 12 tiros dentro de uma academia do município de Catu, a cerca de 90 quilômetros de Salvador, na noite de quinta-feira (16). De acordo com a polícia, a academia fica no primeiro andar de um estabelecimento comercial. No momento do crime, cerca de 20 pessoas estavam no local.

O delegado Henrique Morais, que investiga o crime, disse que a polícia já tem uma linha inicial de investigação, mas os detalhes do caso não podem ser repassados à imprensa. Os suspeitos fugiram do local do crime a bordo de uma moto, e usaram capacetes durante a ação. G1

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×