Itaparica: Rui entrega requalificação do Hospital Geral e defende regionalização da saúde

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

O governador Rui Costa entregou nesta segunda-feira (5), a sala de estabilização do Hospital Geral de Itaparica. A unidade passou por uma reforma que incluiu duas recepções, revisão da cobertura, pintura, pavimentação externa, limpeza da rede de esgoto, readequação do consultório pediátrico e outras intervenções. Rui também entregou uma ambulância para o hospital e visitou a Feira de Saúde, na porta da unidade, que atende à população até esta terça-feira (6). “Estamos hoje simbolicamente sacramentando uma nova era do Hospital de Itaparica, com a nova administração contratada da Fundação José Silveira. Esta é a primeira etapa, ainda há muito que ser feito nessa unidade e nós vamos fazer. Vamos seguir reformando o hospital inteiro”, afirmou o governador. De acordo com a diretora-geral do hospital, Catarina Carreiro, no verão, o investimento de R$ 338 mil reforça também a qualidade do atendimento aos turistas, garantindo um atendimento melhor para cerca de 100 mil pessoas, entre moradores da ilha e visitantes. O governador também aproveitou o evento para conscientizar os prefeitos sobre a importância da regionalização da saúde pública no estado da Bahia. O petista destacou que, em outros países, como na Alemanha, a regionalização da saúde já oferece um atendimento de muito mais qualidade para a população. “A gente tem que unir os municípios, precisamos configurar cada unidade hospitalar com um perfil que evite concorrência. Esta é a filosofia que nós estamos tentando implantar. Não quero fechar as unidades, mas temos que racionalizar custos e definir um perfil para que uma não concorra, mas complemente o serviço da outra para atender melhor e mais barato à população”, comentou. Rui Costa lembrou que a implantação de policlínicas em todas as regiões do Estado também segue essa filosofia. “Estamos inaugurando agora, neste primeiro semestre, mais duas policlínicas, uma em Santo Antônio de Jesus e outra em Valença, com tomógrafo, ressonância magnética, equipamentos para realizar todos os exames pelo SUS. É preciso que os prefeitos façam logo a reunião e decidam de qual consórcio vão fazer parte para que possamos começar logo a atender a toda a população”, completou. Bahia Notícias

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×