Importações de soja dos EUA pela China sobem em março frente a fevereiro

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

As importações chinesas de soja dos Estados Unidos, segundo maior fornecedor do país em 2018, subiram 66,3% em março frente a fevereiro, conforme mais cargas agendadas durante uma trégua na disputa comercial entre os dois países chegaram.

A China, maior compradora global de soja, importou 1,51 milhão de toneladas da oleaginosa dos EUA em março, segundo dados divulgados pela Administração Geral de Alfândegas nesta quinta-feira (25), frente a 907,7 mil toneladas de fevereiro.

As importações, porém, ainda representaram apenas metade dos volumes comprados no mesmo período do ano passado, com as pesadas tarifas aplicadas por Pequim sobre as cargas dos EUA, ainda em vigor, restringindo as negociações.

A China também importou 2,79 milhões de toneladas de soja do Brasil, seu maior fornecedor, mostraram os dados, uma alta frente aos 2,33 milhões de toneladas em março de 2018.

As importações do Canadá saltaram para 205.776 toneladas, de 70.997 toneladas há um ano atrás.

As importações totais de soja em março somaram 4,92 milhões de toneladas, segundo dados divulgados mais cedo no mês.

A China, maior importadora global de soja, tipicamente compra mais soja dos EUA no quatro trimestre e nos primeiros meses do ano, quando a colheita do país domina o mercado, mas compradores chineses vinham evitando o produto americano devido à disputa comercial, dando preferência aos grãos do Brasil.

As compras de soja dos EUA pela China, porém, vêm aumentando lentamente desde que os dois países assinaram uma trégua no conflito, no fim do ano passado.

G1 NOTICIAS

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×