FGTS/PIS: Seguro-Desemprego tem novas datas de pagamento em janeiro após reajuste do salário-mínimo

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

O Ministério do Trabalho alterou o cronograma do pagamento do seguro-desemprego, neste mês de janeiro, para que o benefício fosse reajustado de acordo com o novo valor do salário mínimo. Em 29 de dezembro, o presidente Michel Temer assinou decreto que alterou o salário mínimo de R$ 937 para R$ 954, a partir do dia 1º de janeiro. O teto mensal do seguro-desemprego passa a ser de R$ 1.677,74; enquanto o piso equivale ao mesmo valor do novo salário-mínimo.

“Sempre que ocorre alteração do valor do salário mínimo existe necessidade de adequação sistêmica e do valor dos benefícios. Essa nova escala acontece exclusivamente em janeiro”, explica Rafael Augusto da Fonseca, gerente nacional de Benefícios Sociais da CAIXA. “Após esse período, o cronograma será normalizado, volta a ser como sempre foi. Isso acontece todo ano”.

Com o reajuste do salário mínimo, os trabalhadores que solicitaram o seguro-desemprego e que tinham parcelas a receber entre 11 e 15 de janeiro, passaram a receber os valores no período de 16 a 20 de janeiro, já com o reajuste no valor do benefício.

As parcelas liberadas no dia 20, sábado, poderão ser sacadas no mesmo dia, com o Cartão Cidadão ou cartão de conta CAIXA, no autoatendimento ou casas lotéricas.

 

Atendimento CAIXA ao Cidadão
A partir deste mês, por meio do telesserviço 0800 726 0207, além de informações sobre pagamento de Bolsa Família, PIS e FGTS, por exemplo, o trabalhador pode saber as informações de pagamento do seu seguro-desemprego.

“Esses trabalhadores poderão obter informações sobre seu benefício com mais comodidade por meio de telefone fixo ou celular, sem a necessidade de se dirigir às agências para acompanhar a disponibilização do pagamento”, diz Rafael Augusto.

Pelo novo serviço do Atendimento CAIXA ao Cidadão, o trabalhador se há requerimento do Seguro-Desemprego liberado para pagamento; a parcela agendada para crédito ou já paga; a data da próxima parcela, se houver; e confirmação da conta a receber, em caso de crédito em conta CAIXA.

O trabalhador, anteriormente, para obter essas informações, precisava comparecer a uma agência da CAIXA ou acessar o aplicativo Caixa Trabalhador por smartphone. Para consultar sobre o pagamento do seguro-desemprego, o trabalhador atendido pelo 0800 726 0207, na opção 5, precisa digitar o Número de Identificação Social (NIS) e realizar a identificação positiva, por meio de informações cadastrais.

De acordo com o gerente nacional de Benefícios Sociais, o novo serviço está alinhado com as ações da CAIXA com foco na redução de custos, desoneração das atividades nas agências e melhoria do atendimento. “A CAIXA está ampliando as opções de atendimento e dando mais comodidade ao trabalhador”, reforça Rafael Augusto.

Saiba quem tem direito ao seguro-desemprego e como requerer no site da CAIXA (caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/seguro-desemprego)

O cronograma leva em consideração o último digito do cartão do PIS, conforme a tabela:

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×