Cidade do Cabo pode virar 1ª metrópole sem água

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Enfrentando a maior seca de sua história, a Cidade do Cabo – maior município da África do Sul – corre riscos de se tornar a primeira metrópole a ficar sem água.

O consumo normal por dia na região é de aproximadamente 80 litros por pessoa, mas as autoridades recomendaram uma redução no início de fevereiro, e agora a população utiliza somente 50 litros diários.

Além disso, executivos que visitam a cidade foram aconselhados a dar descargas no banheiro “somente quando for realmente necessário”.

Agora os moradores se preparam para o “Dia Zero”. Nesta data, que deverá ocorrer na segunda quinzena de abril, a água que não for essencial será cortada, e os cidadãos da Cidade do Cabo só terão acesso a cerca de 25 litros por dia, disponíveis em 200 pontos de coleta.

O “Dia Zero” estava inicialmente agendado para 21 de abril, porém, devido ao agravamento da situação, a data deve ser adiantada. Os níveis das barragens estão próximos a 20% e, quando atingirem 13,5%, o abastecimento será cortado.

Para se ter uma noção da gravidade da situação, o gasto de água diário recomendado pela ONU é de até 110 litros. No Brasil, por exemplo, o consumo médio chega a 163 litros por dia – cinco minutos lavando a louça equivalem a 75 litros.

De acordo com informações da ONG Water Wise, a maior parte do consumo de água da Cidade do Cabo é doméstico. Além disso, segundo o governo local, 41% dos moradores têm respeitado as orientações de redução no uso de recursos hídricos.

A cidade de São Paulo, no Brasil, também passou por uma grave crise hídrica recentemente, entre 2014 e 2016. O nível do Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de 8,8 milhões de pessoas, chegou a atingir menos de 10%.

Com informações da ANSA.

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×