Ceasa de Simões Filho recebe 45 caminhões com frutas, cereais e outros produtos

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Número de produtos recebidos, no entanto, ainda é considerado pouco. Unidade tem hoje somente 15% de mercadoria para ser repassada aos comerciantes.

Após uma semana sem ser abastecido com alimentos, em decorrência da greve de caminhoneiros, o Centro de Abastecimento (Ceasa) de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, recebeu cerca de 45 caminhões com mercadorias, entre a noite de segunda-feira (28) e a tarde desta terça-feira (29). A informação foi divulgada por Eugênio Burgos, gerente da unidade.

Do total de caminhões que chegaram à unidade, 22 foram de cereais, quatro de folhagems, seis de bananas, 10 de aipim e inhame e três de quiabo.

O número de produtos recebidos, no entanto, ainda é pouco para atender a demanda. Conforme Burgos, a unidade tem hoje somente 15% de mercadoria para ser repassada aos comerciantes.

Ceasa de Simões Filho com pouco movimento na sexta-feira (25) (Foto: Juliana Almirante/G1 Bahia)

“Caminhões de hortifruti não chegaram ainda, então, estamos sem esses produtos. A expectativa é que cheguem à noite mais caminhões, mas não sabemos como esses produtos devem chegar aqui. Podem chegar estragados, a depender da quantidade de tempo que ficaram retidos. É dificil fazer uma previsão de quantos veículos devem ainda chegar e de como a mercadoria vai estar. A feira é amanhã [quarta-feira, dia 30] e a quantidade de produtos que temos é muito pouca”, disse Burgos.

A Ceasa costuma receber 50 mil toneladas de alimentos por mês. A cada dia de feira (segunda, quarta e sexta) chegam 350 caminhões com mercadorias no local.

A unidade possui 144 galpões, sendo que, desse total, sete são permanentes, onde ficam 160 boxes. Outros sete galpões não são permanentes e neles funcionam as feiras nos dias de segunda, quarta e sexta-feira. G1

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×