Axé não entra no Top 10 anual das rádios da Bahia desde 2015; Claudia Leitte foi a última

Após a Crowley, em parceira da Billboard, divulgar a lista do Hot 100 com as músicas mais executadas em 2018 no Brasil, ressaltando, inclusive, a dominação do sertanejo no Top 10, o ConnectMix – plataforma de monitoramento, auditoria e gestão de áudio em tempo real em rádios e TVs – também disponibilizou, nesta quinta-feira (3), seus dados do ano anterior.

Os números confirmaram a predominância do sertanejo no país, ocupando 73% do total de execuções do Top 100 das emissoras. Como já dito, a Bahia parece estar seguindo a lógica nacional.

De acordo com informações do site, o Top 5 durante o ano passado ficou com Gusttavo Lima em primeiro lugar com a música “Apelido Carinhoso” (47.528 execuções), seguido de Zé Neto e Cristiano, com “Largado às Traças – Acústico” (36.739 execuções), Léo Magalhães na faixa “Oi” (33.433 execuções), Thiago Brava e o hit “Dona Maria” (32.578 execuções), e Eduardo Costa na canção “Olha Ela Aí” (28.350 execuções).

A última vez que uma música de Axé figurou na lista das 10 mais tocadas nas rádios baianas foi em 2015, com Claudia Leitte na última posição com a música “Cartório”, que teve 20.684 reproduções. Antes dela, Ivete Sangalo apareceu na sexta posição com o “Amor que Não Sai”, em 2014, acumulando 8.077 execuções.

G1 NOTICIAS