ALBA espera economizar R$ 1,4 milhão com turnão

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×
A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) inicia nesta quarta-feira, dia 4, o turnão. A exemplo de anos anteriores, a Casa funcionará entre as 13h e 19h. Com a mudança de horário, o presidente da ALBA, deputado Angelo Coronel (PSD), espera produzir uma economia de R$ 1,4 milhão aos cofres públicos – valor equivalente ao mesmo período do ano passado. Apesar da inflação no período, a Assembleia já vem economizando este ano com as horas extras dos funcionários terceirizados.
Coronel lembrou que, restando apenas o segundo turno da Lei de Diretrizes Orçamentárias, perde-se a necessidade da Assembleia funcionar em sua plenitude. Por isso, explicou ele, o momento é propício para a redução dos custos com insumos básicos, a exemplo de água, energia, telefone e a alimentação dos servidores, já que o refeitório também não funcionará no período. A mudança será aplicada de segunda a quinta-feira. Não haverá alteração nas sextas-feiras, quando a Casa sempre está em atividade no turno matutino.
“Estamos em um período que toda a economia se faz necessária. Tendo a possibilidade de cortarmos despesas ainda que por um período curto, podemos contribuir para mantermos o ritmo de investimento e a atender as necessidades dos baianos”, afirmou o presidente.
Nos outros dias da semana, os ônibus que fazem os roteiros para trazer e levar os servidores terão seus horários alterados, funcionando partir do meio-dia, mas seguirão os mesmos trajetos. Ao final do expediente, os coletivos sairão da Assembleia às 19h e também seguirão os roteiros pré-determinados. A lanchonete e o salão de beleza, ambos geridos pela Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa da Bahia (Assalba), funcionarão das 10h às 19h.
Outros serviços considerados essenciais para o funcionamento da Casa, como a limpeza, a manutenção, a segurança e a guarda, feita pela Polícia Militar (PM), também terão o horário de expediente ampliado. Já a agência do Bradesco, que fica dentro do prédio da Assembleia, manterá o horário normal de funcionamento (das 10h às 16h), assim como o posto dos Correios que opera na área externa (entre 9h e 17h).
De acordo com o superintendente de Administração e Finanças da Assembleia, Carlos Roberto Souza Pinto, os recursos economizados durante o período do turno, cujo fim está previsto para 1º de agosto, serão utilizados em obras de requalificação do Parlamento. Entre as intervenções previstas, está a reforma de todo o terceiro andar do Palácio Luís Eduardo Magalhães, edifício-sede da Assembleia, onde funcionam as superintendências de Recursos Humanos e de Administração e Finanças. “Estamos recuperando as instalações elétricas e hidráulicas, trocando mobiliário, além de outras intervenções que forem necessárias”, explicou Carlos Roberto.
Além dessas obras, todos os sanitários da Assembleia serão reformados com o dinheiro economizado durante o recesso, conforme explicou o superintendente de Administração e Finanças. “Só não vamos trocar o piso, mas tudo mais que for necessário será feito”, assegurou ele. Com o dinheiro economizado no turnão do ano passado, a ALBA reformou a garagem coberta do anexo Nelson David Ribeiro. A intervenção corrigiu infiltrações crônicas, foram retirados ferros aparentes e instalada nova rede hidráulica e elétrica.
A economia propiciada pelo turnão resultou também na devolução de recursos para o Poder Executivo, quebrando uma tradição histórica da Assembleia Legislativa de não fechar as contas e pedir suplementação orçamentária ao Tesouro estadual. Alba
0 Flares Facebook 0 0 Flares ×